Ministro do Ambiente anuncia 4 milhões para projetos de prevenção e restauro em áreas protegidas – TVR

Ministro do Ambiente anuncia 4 milhões para projetos de prevenção e restauro em áreas protegidas – TVR

Ao todo são quatro milhões de euros. A notícia foi dada em Montalegre pela voz do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, que escolheu o concelho barrosão para apresentar os projetos de prevenção e restauro dos Parques Naturais do Douro Internacional, de Montesinho, do Tejo Internacional, do Monumento Natural das Portas de Ródão e da Reserva Natural da Serra da Malcata.

Estes projetos, contra incêndios e de restauro, visam replicar o plano piloto implementado no Parque Nacional da Peneda-Gerês, na sequência dos fogos do verão de 2016, com o restauro das áreas percorridas por incêndios, a criação de condições para o desenvolvimento de ações de prevenção estrutural e o reforço de recursos humanos para uma intervenção de maior proximidade.

 

TEM A PALAVRA

João Pedro Matos Fernandes | Ministro do Ambiente

«A reconstrução faz parte da prevenção. Para que estas áreas se tornem mais resistentes ao fogo têm que ter as condições naturais o mais de acordo possível com o que a natureza fez. Mas, também, com a transformação continuada dos homens com as atividades tradicionais que hoje em dia estão muito enfraquecidas com o abandono dos territórios. Começamos há um ano o projeto piloto do Parque Nacional da Peneda Gerês e tivemos muito bons resultados. Os 50 homens que tivemos no terreno contribuíram para uma maior capacidade de agir, eliminando os fogos numa fase inicial. Mas a prevenção estrutural é muito mais do que isso. Estes homens também já limparam 80 quilómetros de caminho e 80 hectares de terreno. É esta experiência que vamos replicar em mais cinco áreas protegidas/parques naturais do país. Hoje foi aberto o concurso para contratar mais cinco equipas, mais 25 pessoas para os restantes parques. São projetos de intervenção física sempre diferentes entre si, uns destinados a recuperar áreas ardidas e outros a prevenir que outras áreas possam vir a arder. Falamos de habitats diferentes e espécies diferentes. Trata-se de um investimento de quatro milhões de euros financiados por fundos comunitários e nacionais».

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre

«Penso que se fez o casamento perfeito. Assistimos à apresentação de novos projetos para áreas naturais e protegidas do país, com a particularidade de a capela ser o santuário da biodiversidade que é o Parque Nacional da Peneda Gerês, onde 1/3 é parte integrante do concelho de Montalegre. Foi uma grande honra recebermos aqui quase todo o Ministério do Ambiente e Instituto de Conservação da Natureza. Sentimos que partiu daqui para o país, o sinal de que o governo, em conjugação com os agentes locais, está a produzir com eficácia legislação e procedimentos que visam o restauro das áreas ardidas e a tomar medidas de sensibilização. Estamos a assistir a um despovoamento dramático dos nossos montes e isso deve merecer uma reflexão profunda. Quando as árvores acabarem, o homem não habitará mais o planeta terra e isso passa pela nossa ação diária».

David Teixeira | Vice-presidente da Câmara de Montalegre

«É o reconhecimento do excelente trabalho que o Ministério do Ambiente está a desenvolver. Por vezes, por constrangimentos financeiros, muito do trabalho ministerial passa ao lado da opinião pública. Esta equipa tem a capacidade de, com poucos recursos, estar junto das populações. O projeto do Parque Nacional da Peneda Gerês serviu de inspiração. Realça o valor desta área onde estamos incluídos e, também, das várias entidades envolvidas e população. O património natural é sem dúvida a base de todo o desenvolvimento. É preciso preservar o nosso legado».

Armando Loureiro | Diretor do Departamento do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF)

«A parte fundamental são os recursos humanos. Temos 50 homens dentro do Parque Nacional da Peneda Gerês. 10 em Montalegre, a trabalharem em pleno. Existe um plano de trabalho para cumprir e, ao fim de meio ano, está com muita área executada. Queremos restaurar o que se perdeu e evitar que se perca mais».

Ministro do Ambiente anuncia 4 milhões para projetos de prevenção e restauro em áreas protegidas – TVR

Texto: C.M. Montalegre

Categories: homepage, Regional

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*